Menu
PAULO-GAS
whatsapp_image_2

Dono de empresa que presta serviço a prefeitura de Livramento é preso em Operação coordenada pelo Ministério Público

O vice-prefeito de Mirante, Emerson Meira, foi preso nesta sexta-feira (19) dentro da ”Operação Basura”. Encabeçada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MP-BA), a ação combate um esquema de desvio de recursos públicos no município de Encruzilhada, também no Sudoeste. De acordo com o BN, o grupo é acusado de superfaturamento em licitação e execução em contrato de serviços de compactação de resíduos sólidos [lixo]. Também foram presos na ação o diretor de finança da prefeitura de Encruzilhada, Matheus Martins e Martins; além dos empresários Paulo Lima da Silva, Ricardo Lucas Almeida Silva e Raik Portugal Amaral, este proprietário da empresa RP Amaral (veja aqui) que presta serviço à prefeitura de Livramento de Nossa Senhora. Durante a investigação, o Gaeco descobriu captação ilícita de R$ 21,5 milhões pelo esquema. Uma empresa de pequeno porte estava por trás da transação feita ao longo dos últimos sete anos. A companhia oferecia serviços de locação de máquinas e execução de obras de engenharia civil, com a prestação de mão-de-obra, a diversos municípios da região sudoeste do Estado da Bahia. Os pedidos de prisão foram autorizados pela Vara Única da Comarca de Encruzilhada.

Compartilhe:

Últimas Notícias

Categorias

(12)
(38)
(4)
(36)
(892)
(12)
(4)
(18)
(8)
(249)
(214)
(29)
(94)
(4)
(15)
(4)
(11)
(1)
(112)
(13)
(127)
(14)
(35)
(11)
(2)
(11)
(20)
(2)
(4)
(2)
(6)
(26)
(40)
(3)
(11)
(21)
(77)
(15)
(17)
(1)
(1)
(59)
(7)
(14)
(3)
(37)
(24)
(61)
(33)
(4)
(24)
(15)
(16)
(475)
(3)
(25)
(39)
(44)
(7)
(8)

Nós utilizamos cookies e tecnologias similares para melhorar sua experiência em nossa site. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossa Política de Privacidade.